Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Abinee reforça parcerias pela inovação

Publicação:

A associação  tem como objetivo, juntamente com a Sdect, aproximar empresas mundialmente competidoras neste setor e comunicar grandes projetos que ampliam o ecossistema inovador.
A associação tem como objetivo, juntamente com a Sdect, aproximar empresas mundialmente competidoras neste setor.

Em busca de novos investimentos em setores de inovação, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) reforça suas parcerias com o governo do Estado. Estiveram em reunião com o secretário adjunto da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Evandro Fontana, o diretor e gerente regional da Abinee, Oscar Rudy Kronmeyer, e o diretor superintendente, Régis Sell Haubert. A associação  tem como objetivo, juntamente com a Sdect, aproximar empresas mundialmente competidoras neste setor e comunicar grandes projetos que ampliam o ecossistema inovador.   

Em questões de representatividade do agronegócio, a reunião destacou o TESA - Tecnologia Embarcada no Setor Agrícola, um projeto que é uma parceria do SIMERS com a Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica-RS – Abinee e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos -Abimaq-RS. A iniciativa conta com o apoio da Sdect e das secretarias estaduais da Agricultura, Pecuária e Irrigação, assim como universidades gaúchas. A principal função do projeto é aproximar os fabricantes de máquinas e implementos agrícolas, os fabricantes de equipamentos eletroeletrônicos e os de automação, para, a partir dessa conjuntura, tornar o setor agrícola gaúcho mais competitivo através da tecnologia embarcada nos produtos. O TESA é destinado para os pequenos e médios fabricantes que queiram se engajar para desenvolver novas soluções e agregar mais tecnologia aos seus produtos.

Como principal projeto em parceria com o poder público, a Abinee está atuando para atrair empresas inovadoras de diferentes setores para o novo Polo Canoas de Inovação. Baseado no reconhecimento da capacidade geradora da indústria, serviços, conhecimento e tecnologia apontam para o reposicionamento inovador da Cidade como o mais novo “cluster” de atração de investimentos do Estado. O grande propósito é integrar as fortes dinâmicas econômicas e científicas, através das universidades locais e regionais em sua concepção, proporcionando uma implantação e consolidação deste empreendimento. O projeto possui um importante papel na promoção da inovação da cadeia produtiva de setores estratégicos para a região e para o Rio Grande do Sul. Para isso, o parque deverá estimular a transferência de tecnologia tanto das universidades e centros de pesquisa quanto das empresas instaladas.

Na reunião também foi tratato sobre o programa Invest/RS da Sdect, que aproxima novos investidores e iniciativas privadas de grande importância para a economia do Estado, com a intenção de unir forças e fazer uma gestão qualificada dos empreendimentos. O Invest/RS foi formulado com o objetivo de articular ações conjuntas e, por meio delas, inserir o Rio Grande do Sul no mapa dos investidores nacionais e internacionais. É, por isso, um exemplo de sinergia entre entes públicos e privados para a atração de investimentos, formato alinhado com as melhores práticas do mundo.o programa de atração de investimentos do Rio Grande do Sul, que tem como missão apoiar investidores que estão explorando oportunidades de negócios no Brasil e na América do Sul, evidenciando as vantagens competitivas do Estado.

Também estiveram presentes na reunião a assessora técnica da Sdect, Maria Paula Merlotti, e os demais representantes da Abinee.

Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia